Nossa História

A IGREJA

A Igreja do Nazareno compõe-se daqueles que voluntariamente se unem segundo às suas doutrinas e forma de governo e procuram: a santa comunhão cristã; a conversão dos pecadores; a inteira santificação dos crentes; a edificação dos crentes em santidade; a simplicidade e poder espiritual manifestos na primitiva Igreja do Novo Testamento, e, a pregação do Evangelho a toda criatura.

MUNDIAL

No final do século dezenove desenvolveu-se, quase que simultaneamente em várias partes da América do Norte e Europa, um movimento para a expansão e conversão da santidade bíblica sob a forma de igreja organizada. Este movimento era semelhante ao reavivamento wesleyano do século anterior. Movidos pelo avivamento estabeleceu-se várias igrejas pequenas. Também pelo Espírito, houve uma aproximação expontânea no sentido de união entre os de fé igualmente preciosa. Portanto, a Igreja existe pelo agrupamento das igrejas: Igreja de Cristo de Santidade, Igreja do Nazareno (Los Angeles, Califórnia), Missão Pentecostal, Igreja Pentecostal da Escócia, Missão Internacional de Santidade (Inglaterra), Igreja de Santidade do Calvário, Igreja de Obreiros do Evangelho do Canadá (Canadá) e Igreja do Nazareno (Nigéria) e das seguintes associações de igrejas: das Igrejas Pentecostais da América, Central Evangélica de Santidade, de Leigos de Santidade e de Fé Missionária Hepzhibah.

NO BRASIL

A família Stegemoller, nazarenos, mudou-se para o Brasil em 1958, e enviaram cartas à Sede Internacional da Igreja pedindo o envio de missionários. Foram enviados os seguintes missionários com suas famílias: Rev. Earl E. Mosteller e Rev. Carlos Gates para Campinas e Rev. Ronaldo Denton para Belo Horizonte – MG. A primeira série de conferências de evangelismo realizou-se em agosto de 1959 num salão alugado no centro de Campinas, dirigida pelo Rev. C. T. Corbett.

A Igreja do Nazareno Central de Campinas foi oficialmente organizada em outubro de 1960 (a primeira no Brasil). Está à frente desta igreja, desde 1980, o Rev. L. Aguiar Valvassoura, que também é o nosso Diretor de Área.

EM JUNDIAÍ

O trabalho foi iniciado pela Igreja do Nazareno Central de Campinas e era realizado em casas de membros daquela igreja residentes em Jundiaí.

Em julho de 1992 assume o Pr. Romerson S. Cangussu. Sob o seu ministério a igreja se reuniu na sala da sua casa, num salão alugado na R. da Várzea (Agapeama) e depois em outro na Av. Santos Dumont (Ponte S. João). A igreja foi organizada em 23 de julho de 1994.

Em 1995 recebe uma oferta da família Farminian para aquisição de um templo.

Em agosto de 1996, assume o Pr. Paulo C. F. Torres, e em janeiro de 1998 o Pr. Jônatas dos Santos.

Em agosto de 1998 foi adquirido um velho salão na Av. Itatiba. Com a ajuda dos irmãos das igrejas: de Jundiaí, Valinhos, 2a e 4a de Campinas e com ofertas do nosso Distrito e do Distrito de Indianápolis (EUA), a reforma do templo é terminada e o templo inaugurado na semana de 18 a 24 de outubro de 1999.