Como Vivemos

ASSIM VIVEMOS NÓS, OS NAZARENOS

É exigido de todos que desejem unir-se com a IGREJA DO NAZARENO e andar em comunhão conosco: que mostrem evidência de salvação dos seus pecados por comportamento santo e piedade vital; que estejam, ou ardentemente desejem estar, purificados de todo o pecado inato; e que o provem com estas atitudes:

O QUE DEVEMOS FAZER

Devemos fazer aquilo que se ordena na Palavra de Deus, que é não só a nossa regra de fé como de prática, que inclui:

• DEVOÇÃO A DEUS

Amar a Deus de todo o coração, alma, entendimento e força, e ao próximo como a si mesmo. [ Ex 20:3-6; Lv 19:17-18; Dt 5:7-10; 6:4-5; Mc 12:28-31; Rm 13:8-10].

• EVANGELISMO PESSOAL

Trazer insistentemente à atenção dos perdidos as exigências do evangelho, convidando-os para a casa do Senhor e procurando alcançar a sua salvação. [Mt 28:19-20; At 1:8; Rm 1:14-16; II Co 5:18-20].

• MANEIRAS CRISTÃS

Ser cortês para com todos os homens. [Ef 4:32; Tt 3:2; I Pe 2:17; I Jo 3:18].

• SOCIABILIDADE CRISTÃ

Ser útil àqueles que também são da fé, suportando uns aos outros em amor. [Rm 12:13; Gl 6:2, 10; Co 3:12-14]

• TRABALHO SOCIAL

Procurar fazer o bem aos corpos e às almas dos homens; alimentando os famintos, vestindo os nus, visitando os doentes e os presos, ministrando aos necessitados, conforme permitirem as oportunidades e bens. [Mt 25:35-36; II Co 9:8-10; Gl 2:10; Tg 2:15-16; I Jo 3:17-18].

• SUSTENTO DA IGREJA

Contribuir com dízimos e ofertas para o sustento do ministério, da igreja e da sua obra. [Ml 3:10; Lc 6:38; I Co 9:14; 16:2; II Co 9:6-10; Fl 4:15-19].

• FIDELIDADE AOS MEIOS DA GRAÇA

Participar fielmente de todas as ordenanças de Deus e dos meios da graça, incluindo a adoração pública de Deus (Hb 10:25), o ministério da Palavra (At 2:42), o sacramento da Ceia do Senhor (I Co 11:23-30), o estudo das Escrituras e a meditação nelas (At 17:11; II Tm 2:15; 3:14-16), o culto doméstico e devoções privadas (Dt 6:6-7; Mt 6:6).

 

O QUE NÃO DEVEMOS FAZER

Não devemos fazer o mal de toda a espécie:

• PROFANAÇÃO

Tomar o nome de Deus em vão. [ Ex 20:7; Lv 19:12; Tg 5:12].

• DIA DO SENHOR

Profanar o dia do Senhor participando em atividades seculares desnecessárias, portanto, entregando-se a práticas que violam a sua santidade. [Ex 20:8-11; Is 58:13-14;

• IMORALIDADE

Imoralidade sexual, tal como relações pré-matrimoniais ou extra-matrimoniais, perversões de qualquer forma, frouxidão e impropriedade de conduta. [Ex 20:14; Mt 5:27-32; I Co 6:9-11; Gl 5:19; I Ts 4:3-7].

• HÁBITOS OU PRÁTICAS PREJUDICIAIS

Hábitos ou práticas que se sabem ser prejudiciais ao bem-estar físico e mental. Os cristãos devem considerar-se templos do Espírito Santo. [Pv 20:1; 23:1-3; I Co 6:17-20; II Co 7:1; Ef 5:18].

• RELAÇÕES SOCIAIS ÍMPIAS

Disputar, pagar o mal com o mal, tagarelar, caluniar, divulgar suspeitas prejudiciais ao bom nome de outros. [II Co 12:20; Gl 5:15; Ef 4:30-32; Tg 3:5-18; I Pe 3:9-10].

• RELAÇÕES COMERCIAIS IMPRÓPRIAS

Desonestidade, lucros indevidos nos negócios, falso testemunho e obras semelhantes das trevas. [Lv 19:10-11; Rm 12:17; I Co 6:7-10].

• OSTENTAÇÃO NO VESTIR E NAS MANEIRAS

Entregar-se à vaidade de vestuário ou comportamento. O nosso povo deve vestir-se com a simplicidade e modéstia cristãs que convêm à santidade. [Pv 29:23; I Tm 2:8-10; Tg 4:6; I Pe 3:3-4; I Jo 2:15-17].

• RECREAÇÃO MUNDANA

Música, literatura e divertimentos que desonram a Deus. [I Co 10:31; II Co 6:14-17; Tg 4:4].

ADMOESTAÇÃO

• COMUNHÃO CORDIAL

Devemos permanecer em comunhão cordial com a igreja, não falar mal contra as suas doutrinas e costumes, mas sendo totalmente submetido a elas e ativamente envolvido no seu testemunho e expansão. [Ef 2:18-22; 4:1-3, 11-16; Fl 2:1-8; I Pe 2:9-10]. ?